Promoção da gluconeogénese

A gluconeogénese é um factor limitante da disponibilidade da glucose no início da lactação.

A alimentação contendo uma elevada proporção de carbohidratos facilmente digeríveis promove a gluconeogénese. Estimula a produção de proprionato no rúmen, o substracto glucoplástico mais importante.

Farmacologicamente, a produção de propionato no retículo pode, também, ser promovida pela administração oral de antibióticos ionóforos7 ou com determinados óleos essenciais13. O uso da monensina é regulado na UE e permitido, apenas, em animais em risco de cetose e sob receita médico-veterinária.

Os substractos glucoplásticos como o proprionato, o propilenoglicol (1,2-propanodiol) ou a glicerina são adicionados ao alimento para prevenir a cetose ou administrados, em casos de cetose, por via oral. A conversão adicional destes substractos glucoplásticos em glucose por ser potenciada através da suplementação com vitamina B12 e biotina, que actuam como cofactores das enzimas gluconeogénicas importantes (B12: metilmalonil-CoA mutase9, biotina: propionil-CoA carboxilase e piruvato carboxilase28). As vacas tratadas com Catosal® mostraram uma redução significativa das concentrações de β-hidroxibutirato (BHB) quando comparadas com as do grupo tratado com placebo.

Os glucocorticóides têm pouca interferência na gluconeogénese dos bovinos, mas exercem um efeito positivo ao limitarem a absorção da glucose e a sua utilização por certos tecidos (efeito de poupança de glucose)14.

Aumento da disponibilidade das moléculas percursoras da glucose

  • Dietas ricas em amido
  • Antibióticos ionóforos (monensina)
  • Óleos essenciais
  • Proprionato
  • Propilenoglicol
  • Glicerina
  • Aminoácidos

Estimulação das enzimas gluconeogénicas

  • Vitamina B12 (+fósforo)
  • Biotina
  • Glucocorticóides

* veja também a nossa página de referências

BCS Cowdition App

Privacy Statement BCS Cowdition App

BCS Cowdition Media Library

1

Ketosis Media Library

2

Tools

3

For experts